O que fazer no Porto?

Um dia na cidade - A escolha da nossa equipa

Rui

O Rui propõe algo que pode ser feito durante a manhã ou a tarde:

 “A maior parte dos pontos de interesse da cidade é visto a pé. Por isso traga calçado confortável e siga as minhas instruções:

- ir até ao tabuleiro superior da ponte D. Luis a pé e atravessar a ponte; é uma experiência quase radical!

- subir até ao Mosteiro da Serra do Pilar e apreciar a vista. Uma das mais belas vistas que terão da cidade do Porto. Estas vão com certeza fazer as delícias dos amantes da fotografia! Aproveitar para descer pelas escarpas até à Ribeira de Gaia, ou se preferirem, optar pelo teleférico.

- e terminar com uma visita às caves de Vinho do Porto. Nenhuma visita ao Porto pode existir sem conhecer melhor o universo do Vinho do Porto. Façam uma visita guiada numa das muitas caves e descubram os segredos escondidos em cada garrafa!”

Cláudia

A proposta da Cláudia é uma proposta de final de dia / início de noite:

 “A visita ao Porto não estará completa sem três coisas:

- fazer a viagem de elétrico até à Foz; A viagem dura cerca de 45 minutos e tem um charme inesquecível. Ideal para tirar a fotografia perfeita desta viagem! Os bilhetes compram-se no interior do elétrico.

- ver o por do sol na praia; A cidade termina no oceano Atlântico e nada melhor do que ver o por do sol ao pé do mar, num dos muitos bares de praia ao longo da costa.

- e jantar um belo peixe em Matosinhos. Matosinhos é uma cidade que faz fronteira a com o Porto, também na marginal. É o local indicado para comer peixe nas redondezas – mais fresco é impossível!”

Hugo

O Hugo sugere um percurso madrugador, para começar antes do nascer do Sol:

 “O Porto é uma cidade surpreendente, que pode ser apreciada nas 24h de cada dia. As minhas propostas aliam a tradição e a modernidade:

 - Levante-se antes do nascer do Sol e faça uma caminhada ou um passeio de bicicleta na marginal do rio Douro. O ar puro da manhã vai fazer com que acorde com muito mais disposição e apetite! Em alternativa, bem mais ‘radical’, agende previamente uma subida ao arco da Ponte da Arrábida. Uma actividade muito recente, mas que recomendo vivamente!

- Reponha energias com um pequeno-almoço ou um brunch digno da realeza. O brunch é uma tendência cada vez mais forte na cidade e há vários locais que o servem. Sugiro locais tão distintos como o Café Progresso, a Leitaria da Quinta do Paço ou o Lounge Bar do Porto Palácio.

- Aproveite o resto do dia e relaxe num dos muitos jardins que a cidade tem para oferecer. O Jardim das Virtudes, recentemente devolvido à cidade, é perfeito para um início de tarde pacífico. traga um livro e perca a noção do tempo!”